Sala de Imprensa

»

24

fev/2014
Harry Seidler ganha exposição no Museu da Casa Brasileira
O arquiteto austríaco Harry Seidler (1883-2006), que levou os princípios do Bauhaus para a Austrália, completaria 90 anos e tem suas obras expostas no MCB

Parte de uma geração de jovens arquitetos que aflorou nas universidades americanas no final de 1940, Harry Seidler (1923-2006) teve como mestres os principais modernistas dos anos 20: Walter Gropius (1883-1969), criador da escola Bauhaus, e Marcel Breuer (1902-1981), de quem se tornou muito próximo. Saiu de Harvard tomado pela filosofia de uma nova arquitetura, interligada às artes plásticas, à engenharia e ao design industrial. Chegou a trabalhar com Breuer no escritório dele, em Nova York, por dois anos. Mais tarde, conheceu o artista Josef Albers (1888-1976), cuja obra, baseada em construções geométricas modulares, o influenciou muito. “Em quase todos os projetos de Seidler, é possível reconhecer muitas fontes, especialmente de arquitetos como Breuer e Oscar Niemeyer, além de artistas como Albers, Norman Carlberg, Charles Perry e Frank Stella”, diz Vladimir Belogolovsky, curador da mostra Harry Seidler: Arquitetura, Arte e Design Colaborativo e autor de um livro sobre o austríaco, que será lançado em abril. “São obras depositárias de muitas ideias, e é profundamente estimulante examiná-las”, afirma. Selecionamos exemplos emblemáticos do portfólio desse polêmico profissional. “Ele foi amado por uns e odiado por outros”, observa o arquiteto Wilson Barbosa Neto, cocurador da exposição, em cartaz até 6 de abril.

O MCB fica na Av. Brg. Faria Lima, 2705 - Itaim Bibi, São Paulo, (11) 3032-2564, e fica aberto de terça a domingo, das 10h às 18h.

Fonte: Casa Cláudia
Link: http://casa.abril.com.br/materia/harry-seidler-ganha-exposicao-no-museu-da-casa-brasileira?utm_source=redesabril_casas&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_revistaaec

Leia também

»

Saiba das últimas notícias

3 exemplos de arquitetura verde nas grandes metrópoles
Prédio localizado em São Paulo figura entre os exemplos
Última escultura desenvolvida por Tomie Ohtake será instalada na Avenida Paulista
Obra com mais de oito metros de altura será instalada em dezembro entre as Alamedas Pamplona e Campinas
Universidade Federal do Rio de Janeiro inaugura o maior estacionamento solar do País
Com 651 m² e 414 placas fotovoltaicas, projeto tem capacidade para gerar energia para até 70 residências
Falta de conhecimento técnico e variedade de equipamentos de pequeno porte no mercado são entraves para o aluguel desses itens
Locação de equipamentos de pequeno porte tem se tornado comum entre as construtoras brasileiras
Universidade norte-americana desenvolve concreto que evita formação de poça de água
Material que não acumula líquido tem durabilidade de 120 anos e poderia ser usado na pavimentação de vias e estacionamentos