Sala de Imprensa

»

10

fev/2014
Os erros mais comuns no projeto da casa de praia
Escolher materiais que enferrujam e revestimentos pouco resistentes pode comprometer o sucesso da construção

Grande parte dos erros na construção da casa de praia acontece quando o quesito beleza se torna o aspecto mais importante do projeto. O clima litorâneo exige cuidados específicos e manutenção constante, principalmente devido ao calor e à maresia. Isso significa, por exemplo, que escolher esquadrias de ferro não é a melhor opção, ao contrário dos modelos em alumínio e PVC.

A elevada incidência de luz solar é outro aspecto a ser considerado. Afinal, apostar em revestimentos que desbotem não é a alternativa mais indicada. A madeira é um destes casos, já que perde a cor com relativa facilidade. Modelos em cerâmica, porcelanato e até mesmo pedras funcionam bem neste cenário. Evite acabamentos esmaltados e brilhantes, pois acabam riscando devido à ação da areia trazida pelo vento e, sendo escorregadios, causam acidentes.

Outro erro comum é não incluir ventilação cruzada no projeto. Imóveis praianos devem contar com a presença de grandes portas e janelas, além de pé-direito alto. A arquitetura inteligente diminui os problemas com mofo e fungos. A umidade precisa ser evitada e no caso de armários que façam divisa com banheiros a melhor solução é a instalação de uma placa de isopor entre o fundo do armário e a parede. Outra dica é incluir uma chuveirão próxima à entrada da casa, permitindo que as pessoas tirem o excesso de areia do corpo antes de entrar no imóvel.

Fonte: IG
Link: http://delas.ig.com.br/casa/arquitetura/2013-11-18/os-erros-mais-comuns-no-projeto-da-casa-de-praia.html

 

Leia também

»

Saiba das últimas notícias

3 exemplos de arquitetura verde nas grandes metrópoles
Prédio localizado em São Paulo figura entre os exemplos
Última escultura desenvolvida por Tomie Ohtake será instalada na Avenida Paulista
Obra com mais de oito metros de altura será instalada em dezembro entre as Alamedas Pamplona e Campinas
Universidade Federal do Rio de Janeiro inaugura o maior estacionamento solar do País
Com 651 m² e 414 placas fotovoltaicas, projeto tem capacidade para gerar energia para até 70 residências
Falta de conhecimento técnico e variedade de equipamentos de pequeno porte no mercado são entraves para o aluguel desses itens
Locação de equipamentos de pequeno porte tem se tornado comum entre as construtoras brasileiras
Universidade norte-americana desenvolve concreto que evita formação de poça de água
Material que não acumula líquido tem durabilidade de 120 anos e poderia ser usado na pavimentação de vias e estacionamentos